PURITA


[manual de sobrevivência da boda # 2]



Usar saltos rasos.
A probabilidade de a melhor mesa de aperitivos estar a um relvado de distância é grande.

ps. também não dá mau aspecto ir ao bar depois de 4 gins!
[a probabilidade de este estar a um relvado de distância é ainda maior]

6 Responses to “[manual de sobrevivência da boda # 2]”

  1. # Blogger Claudette Guevara

    ahahah!

    É pá... eu tenho relva, ainda, num bico de sapato (com chiclete agarrada).

    Blharg!  

  2. # Blogger Jaime

    E o "Manual de Sobrevivência do Bode", quem o escreve? :-)  

  3. # Blogger Naked Lunch

    boda... oda... manuais e tudo o resto... :)  

  4. # Blogger intruso

    ginnnnnn

    tchim tchim  

  5. # Blogger As Sombras de Fim do Dia

    A probabilidade de andar elegantemente em linha recta aumenta substancialmente com saltos rasos, após 2 h ....

    e neste caso, a elegância superficial do salto alto dilui-se nos malhos no relvado lol  

  6. # Blogger laura

    É algo que não entendo, essa mania que as gajas têm de se auto-martirizar com os saltos agulha... que são bonitos, pois são. mas a mim é que não me apanham com essas coisas, que não gosto de andar aos pulinhos nem com dores nos calcanhares... :))  

Enviar um comentário



XML

Powered by Blogger

make money online blogger templates



© 2006 PURITA | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.