PURITA


[A.J.]

Nem sempre nos damos conta do que somos para os outros. Muitas vezes porque pura e simplesmente falta o mais elementar acto humano, precisam de nos dizer porque nós não adivinhamos.
Nem sempre dizemos com frequência o que os outros são para nós. Devíamos.
Porque transforma-nos a vida quando alguém nos diz que nos admira, e eu admiro os meus amigos mais queridos.
Hoje a propósito de alguém que nos anunciou que prestava provas de doutoramento ainda este ano, lembrei-me da quantidade de anos que já passaram desde que nos conhecemos, da javardice dos campos de férias[e lembrei-me de uma serenata em especial, enrolado num saco cama verde, parecias um pepino], do secundário, ultrapassámos os anos da adolescência sem que alguma vez eu nos imaginasse no agora, nas vidas que temos. De facto, admiro-te!

ps. e admiro a tua mulher por te aturar!

6 Responses to “[A.J.]”

  1. # Blogger boleia

    :)
    um beijo enorme!
    a mulher!  

  2. # Blogger intruso

    "Nem sempre nos damos conta do que somos para os outros"

    (pois não...)  

  3. # Blogger G!

    às vezes é difícil dizer palavras simples  

  4. # Blogger Jaime

    É de admirar as pessoas que usam a cabeça sem ser só para marcar golos!  

  5. # Blogger Maria Cardeal

    Bem verdade. Um dia digo-te a verdade.

    :)  

  6. # Blogger Maria Cardeal

    Que raio de comentário que eu acabei de escrever!
    O que eu queria dizer: é bem verdade isto de pura e simplesmente não dizermos o que as pessoas são para nós em tempo útil. E é tão fácil.
    Um dia destes eu digo-te, um dia breve.  

Enviar um comentário



XML

Powered by Blogger

make money online blogger templates



© 2006 PURITA | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.