PURITA


M.

Não sei bem explicar, mas há pessoas que não são deste mundo.
A M. era uma dessas pessoas.
Conseguiu, e, por vezes sob as formas mais estranhas, deixar a sua marca nas pessoas com quem contactou. Não era uma amiga de convivência diária, mas, das vezes que estivemos juntas, foi quase impossível ficar-lhe indiferente.
Disseram-me noutro dia que ela era assim como um anjo, que não se encaixava neste mundo.
Talvez fosse, ou talvez isso só sirva para consolar uma ausência que muitos vão sentir.
Saber que onde quer que esteja a M. estará a ver-nos!


Waiting on an angel
One to carry me home
Hope you come to see me soon
Cause I don\' t want to go alone
I don\' t want to go alone

Now angel won\' t you come by me
Angel hear my plea
Take my hand lift me up
So that I can fly with thee

And I\'m waiting on an angel
And I know it won\' t be long
To find myself a resting place
In my angel\'s arms

So speak kind to a stranger
Cause you\'ll never know
It just might be an angel come
Knockin\' at your door

4 Responses to “M.”

  1. # Blogger Periférico

    Há pessoas assim, que nos ficam tatuadas na alma!

    Beijo grande  

  2. # Anonymous guevara

    bbb  

  3. # Anonymous Anónimo

    Os que morrem sem ter sido velhos, com raras excepções, eram sempre especiais, extraordinários,...  

  4. # Blogger Mojo Pin

    "Disseram-me noutro dia que ela era assim como um anjo, que não se encaixava neste mundo." Tocaram-me as tuas palavras...acredito que essas pessoas estão sempre connosco, bem pertinho de nós, para nos abraçarem sempre que pensemos nelas...*  

Enviar um comentário



XML

Powered by Blogger

make money online blogger templates



© 2006 PURITA | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.