PURITA


[memória #2 - vigo]

Quando a Purita era chavalita adorava as idas em família a Vigo.
Era um dos eventos mais importantes do ano, que culminava com a ida ao corte inglés e com a ceia tardia de cerelac.
Vigo significava a entrada numa modernidade que cá não existia, o universo coca-cola!
Tinha autorização para beber uma coca-cola ao almoço, as chiclets sabiam a coca-cola, as melhores peta zetas [aquelas pedrinhas que estalam na boca] eram de coca-cola...e cá, no mundo das guloseimas nacionais, ainda não havia essas esquisitices.
Hoje que penso nisso, vejo que aquilo afinal era uma grande porcaria, só a coca-cola original é que continuo a achar que é melhor em Espanha!
A globalização tirou a piada das idas a Espanha para nos abastecermos de caramillos e melocoton, agora já há cá tudo, até a invasão da hello kitty!!
Mas há memórias que mantenho intactas e insubstituíveis...pensava eu...
Ao almoço, íamos sempre ao Goya [disse-me a minha mãe que acha que já não existe], que era um daqueles restaurantes típicos, com o balcão de montras das tapas, cadeiras giratórias, e onde o pão era durissimo e vinha ou dentro de um plástico, ou num guardanapo com duas reviravoltas nas pontas. Foi lá que aprendi a dizer pan, postre y vino!
Além da coca-cola, presenteava-me com um gelado de cone [daquele com bolacha a sério, sem ser aquela bolacha que parece papel] sempre do mesmo sabor: laranja!
O sabor, a cor, era realmente delicioso, e cá não havia! [só mais tarde é que voltei a comer, na santini!].
Acho que adoro gelado desde que me conheço, e há relativamente pouco tempo arranjei um novo fornecedor, vou à cremosi, mesmo ao lado do piolho, onde o gelado é feito com produtos naturais, e tem uma lista infindável de sabores! É uma excentricidade, porque não são baratos, mas vale a pena!
E a infância fica mais perto...

ps. [isto é puro altruismo para quem gosta de gelado]

13 Responses to “[memória #2 - vigo]”

  1. # Blogger Abssinto

    Óptimas referências. Os anos 80...essas pedrinhas que estalavam na língua encontrava-as bem aqui em Lisboa. Já a Coca-Cola lembro-me de uma bebida que a substiuia muito bem, era a Canada Dry, que ainda hoje acredito ser melhor que a Coca-Cola tão boas foram as marcas no palato. Nunca fui muito de gelados, comia era bonbons Allegro e Sugus à fartazana. A Vigo é que eu nunca fui.  

  2. # Blogger ivan aka bandinho

    fizeste-me lembrar as idas ao el corte ingles para sapatilhas le coq sportif, adidas e new balance, iguais às que estão novamente na moda.. só que na altura eram baratíssimas!!

    e ir brincar para as infra-estruturas de praia, coisa que cá só apareceram há mei dúzia de anos!  

  3. # Blogger Jaime

    Gostei de ler os teus recuerdos. E eu que pensava que o Goya era um pintor. Muito irónica, a ideia de que agora se nota a passagem de Portugal para Espanha pela diferença de sabor ... da Coca -Cola! Quanto ao Santini, proponho desde já sua candidatura a instituição de interesse público.  

  4. # Blogger Naked Lunch

    bigo... a foto do ivan é no plano b?  

  5. # Blogger Jazz Manel

    Aqui o je "gela-se" na Surf junto à Praça de Londres, acho que já foi melhor???...De qualquer maneira ainda esta sexta-feira passei por lá para comer uma taça para alarves.  

  6. # Blogger ivan aka bandinho

    a minha foto no perfil?? é no clandestino, em aveiro!  

  7. # Anonymous purita

    allegros e sugus era mais a guloseima das idas ao cinema!:)
    *
    nem mais!nós também íamos comprar sapatos de verão à Favorita [acho que era assim que se chamava],tinha de todas as cores!
    *
    apoiado, apesar de não ser na minha zona!
    *
    fotografia do tempo em que ainda era saudável!:D
    *
    alarve como só tu sabes ser!
    *

    nota:
    As idas a vigo tinham outros pormenores que omiti: ainda havia controlo fronteiriço, o que fazia com que se estivesse muito tempo parado para entrar em Espanha. Não me esqueço da fila interminável de camiões parados na berma!Do mesmo modo, o regresso por Viana de Castelo ainda se fazia na ponte antiga de zigue-zague!Iámos à somalis ver os póneis decrépitos que por lá andavam!


    enfim, uma bela colecção de memórias, mas para cá já vínhamos a comer as peta zetas e a chiclet em tubo!  

  8. # Blogger zarolho

    Para mim, as idas a Espanha continuam a ser mágigas (em criança ia muito e tinha a mesma sensação q descreveste). Já agora, obrigado pela referência ao Santini. Através do link deu para ver que já abriram. Para a semana estou lá!!!  

  9. # Anonymous guevara

    chicletes de coca-cola... daquelas gordas e sumarentas! que mantinham o sabor na boca por horas e horas!

    ir ao "istraungeiro" é que era...

    carregamentos de chocolate branco. ca não havia. e de tanto comermos pelo caminho ficavamos de caganeira.

    laranjinhas e limõezinhos, aquelas gomas e rebuçados maravilhosos em formas de gomos de fruta.

    as famosas idas a Samil!  

  10. # Anonymous Mary

    Aqui por estas bandas iamos a Badajoz comprar caramillos, sapatos e fatos de banho. Não havia corte ingles mas havia os preciados e os Arcos, compravam-se sacos de guloseimas e tabletes de chocolate de 1Kg! O contolo na fronteira demorava imenso e eu ficava sempre um bocado ansiosa com as vistorias à mala do carro...nao fossem eles ficarem-me com os regalitos!  

  11. # Anonymous dmny

    bolazzz, eu pensava que nos tinhamos a mesma idade, mas acho que deves ser MUITO mais velha! essas descricoes das idas a vigo parecem da minha mae! ihihihihih  

  12. # Anonymous Anónimo

    sempre tão agradável esta última senhora  

  13. # Blogger Nuno

    Afinal sempre ha coisas boas cá para baixo....como seja o santini em Cascais :) :)
    Perco-me com o sabor de manga:)  

Enviar um comentário



XML

Powered by Blogger

make money online blogger templates



© 2006 PURITA | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.