PURITA


[...]

- É para ali..rápido! (ele)
- Mas isto é a rotunda da Boavista, o que estamos aqui a fazer? (eu)
- Precisamos de um transporte forte, resistente...e ela pode ajudar-nos.
- Não me digas que tem um tanque na garagem...
- Não, até está ali estacionado!

[avisto um daqueles caterpillars amarelos de rolos, mas miniatura]

- Mas é com isto que vamos salvá-los? É que só podes estar maluco..
- Vamos lá..

[toc toc]

- Hei, olá, então? (ela)
- Olá! Precisamos de levar o teu carro emprestado... (ele)

[a sala onde entrámos era podre, cheia de estantes com milhares de livros, as cortinas meias rasgadas e impregnadas de cheiro a incenso, amareladas, não era cheiro a tabaco, era a incenso]

- Claro, mas já sabes que pagas em livros!
- Sim, qual é desta vez?
- Aquele da Virgínia Woolf...
- Ok. Combinado. Até logo...

[nesta altura terei caído em algum buraco negro ou caí da cama, lembro-me ainda de nos termos enganado no livro, e eu ter-lhe dito, aah! 'As horas'!]

ps. que medo, é realmente surreal o mundo dos sonhos, mas é um exercício mental curioso recuperar a memória de um sonho, um bocado assustador talvez...

[confesso que sempre sonhei [acordada] em conduzir um daqueles veículos...]

4 Responses to “[...]”

  1. # Blogger Periférico

    Sonhar com caterpillars? Que diria o Freud?;-)

    Beijos  

  2. # Blogger ivan

    ainda antes de ontem, sonhei que tinha perdido o meu piercing no meio da queima de coimbra.

    escusado será dizer que nunca usei piercings...


    no dia seguinte tinha uma amena conversa com o sr. belmiro que acabou com um copo de whiskey na mão e dois insultos às minha pessoa.  

  3. # Anonymous Mary no país das maravilhas

    Olha e eu tenho sonhado com exercicios de geometria! É que nem a dormir tenho descanso!!!  

  4. # Blogger intruso

    (não ando a lembarar-me dos sonhos...)
    :/  

Enviar um comentário



XML

Powered by Blogger

make money online blogger templates



© 2006 PURITA | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.